JRF CONULTORIA

Mensagem
 

Quero lhes falar um pouco sobre revendedores/distribuidores de gases industriais. Tenho conversado bastante com muita gente e estou entusiasmado, pois cresce a cada dia o conceito profissional e empresarial dessa área.

Comentarei alguns tópicos que tenho analisado. O mercado de gases industriais é movido por três componentes básicos:

  • investimento, traduzido na compra de cilindros de alta e baixa pressão, de tanques criogênicos e demais acessórios inerentes ao manuseio; reteste, pintura, troca de válvulas, manutenção e operação de tais tanque e cilindros.
    Cada cliente conquistado resulta na compra de tanques e cilindros. Portanto, para manter o padrão de atendimento e qualidade, é necessário obter-se receitas de locação, ou ainda, de serviços, quando os cilindros forem de propriedade dos consumidores/usuários;

  • outro conceito é a compra dos produtos (gases industriais), que pode ser feita diretamente dos fabricantes tradicionais (mediante a assinatura de contrados de fornecimento), produtores independentes, ou adquirir sua própria unidade de produção.
    Essa última alternativa, no Brasi,l ainda é muito remota, pois as margens de lucro são baixas, não permitindo tais investimentos. Peço a reflexão dos revendedores/distribuidores para avaliarem melhor as orientações de seus fornecedores, pois sem lucro adequado, ninguém cresce, simplesmente retrocedem e encolhem. Verifiquem quanto faturavam em US$ = R$ em dezembro de 1998 e hoje. Depois disso, leiam ou informem-se sobre os balanços dos seus fornecedores neste mesmo período;

  • componente de igual importância é a distribuição dos produtos, que deve ser executada de acordo com a legislação em vigor, o que vem obrigando a todos investimentos significativos na compra de caminhões, carrocerias metálicas, extintores, placas, fitas de segurança, treinamento constante de motoristas e ajudantes, e uma infinidade de detalhes para os quais são exigidos muitos cuidados para não se cometer nenhuma irregularidade, pois, caso isto ocorra, quem sabe, o pequeno lucro vai virar um grande prejuízo, através de uma multa. A cobrança de frete é uma necessidade, mesmo quando o consumidor/usuário retire o cilindro, visto que os produtos são retirados em locais distantes, ou são entregues mediante pagamento de frete.

Pois bem, fico feliz que muitos já estejam discutindo isto de maneira mais sensata e menos emocional. Desta forma, podemos ter certeza de que no futuro teremos melhores e bem sucedidos empresários. Porém, quero alertar aos outros, que nosso mercado está cada vez mais globalizado, não sendo favorável a amadores, nem tampouco permite erros comerciais.

Os gases comerciais estão sendo e devem continuar a ser comercializados com distinções de preços para produto, frete e locação mensal, oferecendo ao consumidor/usuário, a alternativa de adquirir o(s) cilindro(s) a serem utilizados, não necessitando, neste caso, de pagar pela locação, e ainda oferecer a oportunidade ao consumidor/usuário de retirar o(s) cilindro(s), com descontos no frete.